Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que quase me deixa exausta. Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo. Eu sei chorar toda encolhida abraçando as pernas. Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, vísceras e falta de ar.

quinta-feira, 12 de março de 2015

O Poder da Visualização

A visualização é um exercício espiritual poderoso. Se apenas imaginar a paisagem tranquila de uma praia, a sua mente conecta-se de imediato com a imagem, com os sons e as sensações que você experimenta quando está fisicamente  no local  e pode alterar o seu estado fisiológico quase de imediato.
Faça o seguinte exercício: feche os olhos e imagine a raiva. Interrompa a sua leitura e experimente fazê-lo agora. Ótimo!
O que é que viu? Independentemente do que eu tenha imaginado a sua imagem de raiva é a correta para si, uma vez que não existe uma imagem universal do que é a raiva.
Agora feche novamente os olhos e veja a sua imagem de raiva a ficar mais calma,  a tranquilizar-se,…visualize a sua  raiva a transformar-se em paz.
O que é que aconteceu? A sua visão transformou-se em outra coisa?
Agora continue a trabalhar com a sua imagem e a torne ainda mais relaxante. Pode fechar os olhos agora, deixe-se levar e imagine…
O que viu e sentiu?
Na verdade, o corpo pode ser ilimitadamente influenciado pela mente através da visualização. É um processo  rápido e gratuito que pode adotar como  hábito para controlar os níveis de stress, regular a pressão arterial, ou mesmo para acelerar  a recuperação de alguma doença ou algum ferimento.
Experimente fazer o seguinte exercício:
Feche os olhos, relaxe… inspire profundamente e expire  lentamente… devagar e sem esforço visualize-se do tamanho de uma estátua… continue sempre a respirar sem esforço e mantendo-se relaxado.
Agora imagine que se abre uma porta no seu corpo de estátua e aparece você no seu tamanho real. Imagine que é  médico. Suba até ao lugar do  seu corpo estátua que precisa de ser curado e ofereça-lhe os cuidados que precisa. Demore o  tempo que entender. O importante é fazê-lo sem esforço e sem obrigação. Pode utilizar o processo de cura que  lhe vier à mente, desde pozinhos perlim pimpim, ervas, equipamentos cirúrgicos etc..
Quando tiver terminado imagine-se a regressar ao seu corpo de estátua já curado. Agora visualize-se a voltar ao seu tamanho natural e num estado de perfeita saúde.
Esta visualização vai enviar instruções ao seu corpo e dizer-lhe o que fazer mostrando-lhe aquilo de que é capaz.
Não espere sentir-se automaticamente curado mal abra os olhos. Mas insista e pratique pelo menos uma vez ao dia até recuperar totalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário